Quando a quarentena acabar - Alexandre Correa

Quando a quarentena acabar

Dizem que a quarentena vai acabar.
Dizem que ela vai continuar.
Em julho a vida volta ao normal.
Julho não, setembro.
Dezembro.
Janeiro, de 2024.

Dizem que a vida nunca mais voltará ao normal. E ainda que volte, será um novo normal.
Dizem que a vida nunca foi mesmo normal.
Normal.

Dizem que o PIB vai despencar, que o teletrabalho vai decolar e que os aviões vão estacionar.
Dizem que milhares de pessoas perderão suas vidas em hospitais lotados.
Dizem que milhares deixarão de perder suas vidas nas estradas (agora) vazias.

Milhões de profetas não enxergarão luz no fim do túnel.
Bilhões de poetas enxergarão mais estrelas no céu, inclusive aquelas que se foram a milhões de anos-luz.
Empresas tradicionais fecharão, como fecharão as sem tradição, que darão lugar às outras que surgirão.
Milhares de divórcios eclodirão do insuportável convívio de duas almas que se transformaram em estranhos.
Milhões de crianças nascerão nove meses após a quarentena. Surgirão Coronas e Helenas.

Dizem que o mundo lá fora é perigoso.
Dizem que o mundo aqui dentro é maravilhoso.
Dizem que sairemos de nossas casas mais pobres e gordos.
Dizem que sairemos mais ricos e sábios.
Dizem que é só misturar Coca Cola com Cloroquina.
Dizem que tem que usar gel, luva, máscara e botina.
Dizem que é tudo culpa da China.
Dizem que pra Xenofobia não tem vacina.
Dizem, desdizem e se contradizem.

Mas Senhor perdoai-vos, porque eles não sabem o que dizem.
Tudo que sabemos é que não sabemos nada.
Nunca as certezas foram um indício tão grande de insensatez.
Agora só nos resta a redentora certeza da própria pequenez.

 

Escrito por Alexandre Correa

Empresário, professor e palestrante. Já morou no sul e no norte do país. Vive sempre no mundo da lua e atualmente mora mesmo é nas estradas e aeroportos do mundo.

Diretor da MIND PESQUISAS, pós-graduado em Marketing, possui um Master em Comunicação Empresarial e cursou a Escola Avançada de Pesquisa de Mercado na University of Georgia em Atlanta nos EUA. Conduziu milhares de pesquisas em todo o Brasil.

Autor dos livros “Longevidade Inteligente” (2020) e “Pesquisas de Opinião Pública” (2017). Fundou o portal “Revolução Prateada”, que estuda a Economia da Longevidade.

Guitarrista mequetrefe, palestrante TEDx, Professor da FGV e escritor, além de pai do Cássio e do Tárik, suas duas melhores obras.

Conheça as palestras oferecidas por ele (online e presencial).

No Comments

Post A Comment